.posts recentes

. Projecto "Cidades Criativ...

. Respostas do Questionário

. Agenda Cultural -> Maio 2...

. Duelo Final

. Biblioteca Municipal de P...

. 3ª Crónica GSBV

. Biblioteca Sem Sono

. Aeródromo de Ponte de Sor

. Agenda Cultural -> Abril ...

. Imagem Exclusiva do Futur...

. 4000 Visitas

. Avaliação

. Quadro de objectivos/estr...

. Agenda Cultural -> Março ...

. Semana de Laboratório Abe...

.Quem está online?
web counter
.Foto da Semana
.Horas
.Opinião
Como classifica o blog?
Excelente
Bom
Razoável
Mau
  
Free polls from Pollhost.com
O que acha ser importante a criar na cidade de Ponte de Sor?
Campo de Basquetebol exterior
Centro Comercial
Ciclovias
Espaços Verdes
Parques Infantis
  
Free polls from Pollhost.com
.Música
Domingo, 14 de Outubro de 2007
Bilhete de Identidade (Actualizado)

Principais actividades económicas: Agricultura, indústria e serviços. É um concelho fundamentalmente agrícola. A criação de gado, a apanha da azeitona e da cortiça ainda hoje geram importantes receitas.

Classificação: Cidade (Ponte de Sor foi elevada a cidade a 8 de Julho de 1985)

Distrito: Portalegre

Região: Alto Alentejo (Região de transição entre o Ribatejo e o Alentejo.)

Área: 17.042 ha (839,5 km2)

População: 17.620 habitantes.

O Clima: é marcadamente mediterrânico, caracterizado por uma estação seca, bem acentuada no Verão, e por uma precipitação irregular.

O relevo: é pouco acidentado, apresentando uma morfologia suave, com altitudes que pouco ultrapassam os 200 m e onde se destacam dois montes, Barracão (185 m) e Cabeços (203 m).

Aspectos Geográficos: O concelho de Ponte de Sor, abrange sete freguesias: Galveias, Montargil, Ponte de Sor, Foros de Arrão, Longomel, Vale de Açor e Tramaga. O concelho encontra-se limitado a nordeste pelos concelhos de Gavião e Crato, a este por Alter do Chão e Avis e a sudeste por Mora, no distrito de Évora. O território concelhio é fundamentalmente limitado por duas albufeiras: a de Montargil e a do Maranhão, já no vizinho concelho de Avis.

Recursos hídricos: Intersectando o curso da ribeira de Sôr (que a jusante confluirá com a da Raia formando o rio Sorraia, afluente da margem esquerda do Tejo). Existe também a ribeira de Andreu, a ribeira do Vale de Boi, a ribeira do Maltim, a ribeira do Arrão e a barragem e albufeira de Montargil.

Principal atractivo turístico: Campo, desportos náuticos, barragem de Montargil, turismo de interesse equestre. Talvez pelas características do terreno e pelo sossego proporcionado aos visitantes, floresceram nestes últimos anos uma série de unidades de turismo no espaço rural, umas mais viradas para a caça, outras para os desportos hípicos ou para o lazer puro e simples. A barragem de Montargil, pensada fundamentalmente para o apoio à agricultura, criou uma vasta albufeira, hoje muito procurada como área de lazer, pesca e desportos náuticos.

Principais actividades económicas: Agricultura, indústria e serviços. É um concelho fundamentalmente agrícola. A criação de gado, a apanha da azeitona e da cortiça ainda hoje geram importantes receitas.

Vias Principais: Estradas: EN2, EN244 Caminhos de Ferro: Linha do Leste

Feriado Municipal: Segunda-feira após a Páscoa.

Principais festividades: Festa da Salgueirinha (Páscoa); Romaria de Sto. António da Amieira (Páscoa); Festa de Nª Srª dos Prazeres (Maio); Semana da Cidade (Julho); Festival de folclore (Julho); Festa de Nª Srª dos Prazeres (Agosto); Festas de Verão (Setembro); Feira de Outubro.

Feiras e Certames: Feira de Janeiro, Feiras de Março, Feiras de Outubro.

Hospitais / Centros de Saúde: Centro de Saúde de Ponte de Sor.

Estabelecimentos de Ensino: Jardim de Infância: Jardim Escola João de Deus, Jardim Escola da Santa Casa da Mesericordia, Escola EB1 de Ponte de Sor, Básico: Escola EB23 João Pedro de Andrade, Secundário:  Escola Secundária c/ 3CEB de Ponte de Sor, Especial: Centro de Emprego

Um pouco de história:

  Ponte de Sor foi elevada a cidade a 8 de Julho de 1985. O nome da povoação deve-se à primitiva ponte romana, que integrava o percurso da 3ª via militar que ligava Lisboa a Mérida.

 Zona de instabilidade de fronteiras durante a reconquista, Ponte de Sor, inicialmente património dos Templários, foi reconquistada pela Ordem de S. Bento. O seu primeiro Foral é-lhe outorgado pela Sé de Évora, em 1161, e mais tarde confirmado por D. Manuel. Desaparecida a ponte romana, D. João VI mandou construir em 1822 a actual ponte.

  Ponte de Sor é uma cidade simpática, rodeada de um cenário verdejante e com várias igrejas e capelas interessantes, como a Igreja da Misericórdia com uma imagem do Espírito Santo do século XVI.

  Uma das principais atracções turísticas da região é a Barragem de Montargil, onde os adeptos da pesca desportiva encontram muito para se entreter, e os outros podem igualmente beneficiar, deliciando-se com uma sopa de peixe que já ganhou fama nos restaurantes locais.

sinto-me:
publicado por sor-topia às 22:44
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Gotty a 18 de Outubro de 2007 às 23:05
Ponte de Sor é uma das mais belas cidades que conheço, e já lá fui muito feliz. O João é o maior e escreve muito bem.
De Palha a 22 de Outubro de 2007 às 02:51
Ja' tens uma admiradora o' Pacheco ! :P

Sim sr, um "BI" bem feito sobre a nossa cidade !

Continuem assim

Ah e claro ... xDDD
De Helena a 23 de Outubro de 2007 às 00:16
Muito bem escrito. Não poderia eu dizer melhor. ESte post é muito importante para que chame a atenção de algumas pessoas que queirão visitar este bonito lugar.
De David a 23 de Outubro de 2007 às 00:35
Parece ser uma cidade bonita e gira de se ver talvez qq dia passe por lá:)
De Ritz_ a 28 de Outubro de 2007 às 20:46
O Pacheco dá 500. LOL. O post está bem conseguido. *

Comentar post

.Ponte de Sor
.pesquisar
 
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31
.tags

. todas as tags

.links
.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds